Estados de espírito

Sem saber estar sozinha,
Suponho os dias de que não sou de, nem para ninguém,
Numa solidão que não se equipara a outra,
Longe de corações inestimáveis.
Tudo rude, tudo mole,
Incapaz de se esbeltar para com um psicológico.
Muito à mão de semear algo que mais tarde renascerá

9 comentários:

Nés, disse...

que bonito

Suu disse...

eu já me convenci, ahah
que coisa mais liiinda *.*

jane taylor disse...

às vezes, a deambular pelo google, encontra-se imagens muito bonitas :)
já agora, adorei este post.

luisinha disse...

tu escreves com o coração - uma coisa de se admirar

Né # disse...

tão lindo *.*

filipa disse...

nunca sabemos estar sozinhas !

<3

L!mOnadah ♥Slemom X♥ disse...

Lindo ^^

luisinha disse...

jezebel?, és linda

Dann disse...

Gosteiiii *_*