Pingos

Esta história ainda há pouco começou e as impressões que tenho estão a ser ótimas. O tempo não despertou muito e as gotas de água batem na minha janela, bem devagarzinho... Lá fora o vento brinca e as gotas correm juntas cobrindo o resto das casas, por fantasias que nos fazem voar a nós próprios, formando ainda umas nuvens mais claras que nos inspiram ao de leve. Foi simples, bastou um debruço sobre o peitoril.

9 comentários:

Né # disse...

que lindo. pormenores. lindo :)

filipa disse...

as coisas mais simples são as melhores <3

- Sílvia • disse...

Simplicidade ...

annie disse...

que texto querido +.+
john mayer é fantástico!

marta filipa disse...

Fico muito contente que assim seja, vou seguir o teu também :)

Sara Santos disse...

para o Porto já me chegava xD
Os pormenores são essenciais :)

matilde disse...

muito obrigado querida :)
beijinho *

marta filipa disse...

Fico bastante contente que gostes dos meus desenhos, mas ainda tenho muito para melhorar (:

sara disse...

oh obrigado (:
os teus estao todos todos lindos *-*