O nosso passado [100]

É tão bom saber que não esqueceste o que fizemos quando eu permanecia ainda nos teus braços, é bom relembrar o que mais marcou e dizer-to sem pudor. Quando hora chegou, não consegui deter mais este turbilhão de pensamentos em mim… não chegava fazer isto só para mim…
"E é com mais um excerto que chego ao post número 100"

10 comentários:

Né # disse...

adorei :)
e ... que continues a escrever sempre mais :) *

Marta disse...

eu gosto de pessoas que quando olhas parecem uma coisa, quando conheces parecem ser outras, mas tudo na base do parecer. nunca sabes o que realmente são. pessoas surpreendentes. mas pela positiva, óbvio.

Grasi disse...

Gostei:)
Um domingo super iluminado!

saramendes disse...

está lindo, profundo, não o esqueças..

marta filipa disse...

muito obrigada :)

neechee disse...

Gostei tanto deste excerto *-*
<3

beatrice disse...

Desafio para ti no meu blog :p

cláudia disse...

gostei :)

cláudia disse...

irei seguir também *

beatrice disse...

de nada querida :') *