113

Correm-me calafrios pelo copo e para meu próprio espanto, estou envolta num casaco, que já me trespassa outras sensações. A doçura no meu sangue está estável e não sei se fique por aqui neste estado imóvel ou saia uma outra vez, para absorver o bom tempo que passa da janela para fora.

3 comentários:

Beatriz Cruz disse...

escreves muito bem :o

filipa disse...

perdi-me minha jeze <3

Afonso Costa disse...

cada palavra transpira sensações diferentes, adorei :o