Não me toques, a não ser que sejas especial!

Se há coisa que me intriga é ser obrigada a tocar numa pessoa, que conheço há pouco tempo ou com a qual ainda não tenho confiança. Abraçar uma pessoa ou dar as mãos, são simples gestos, bonitos, que deliciam qualquer pessoa. A mim causa-me impressão fazê-lo quando não há razão para o fazer ou quando simplesmente não me sinto minimamente inclinada para esses lados. Sou reservada nesse aspecto e por acaso, até gosto de o ser. Declaro que esses gestos são de tal maneira importantes para mim, que distribui-los sem razão aparente a uma pessoa meramente com alguma significância, é uma perda de energia que tenho. Sinto-me esquisita ao mesmo tempo, mas tenho outras formas de mostrar afecto ou carinho para com a humanidade com a qual mantenho contacto. Os abraços e as mãos só as uso em especialidades, quando tenho a necessidade de demonstrar algum sentimento e mesmo muito bom quando temos alguém ao nosso lado que mereça estes miminhos!

14 comentários:

Simone disse...

obrigada fofinha! :)

inês lobo disse...

obrigada linda* concordo contigo

joana disse...

vai? oh que bom que bom. e temperatura também podia subir. principalmente na quarta :) e não podia concordar mais com este texto. acho que também sou assim em parte,e orgulha-te de o seres.

disse...

Assumidamente contra o movimento free hugs:P

simple writer disse...

a minha melhor amiga é assim :) não é de demonstrar. mas claro deve-se demonstrar apenas quando sentimos algo e não porque sim :)

Telinhos disse...

está muito bonito, gostei, e isso é so sinceridade mas o que estas a dizer é uma verdadeira verdade e nao digo todos mas algumas pessoas deviam ser assim, devido que existem pessoas muito oferecida :p

andré disse...

o q é q tem q ser? já não me lembro do q tavamos a flr xD

Uma duvidazinha... disse...

Como compreendo isso. E também sou um pouco assim, porque eu não sou das pessoas que estão a dar abraços, as mãos, a comprimentar-se (todos os dias), mas a mim não é o aspecto de ser reservada, mas sim tímida...
mas também se não fosse, acho que esses aspectos também não fazeriam parte de mim.

Texto 5*

Sara. disse...

Muito obrigada *.*

Little J. disse...

Tenho exactamente a mesma opinião.
Eu adoro dar abraços, beijos, mas apenas aquelas pessoas que realmente gosto, que sei que também estar a dar com sentimento. Agora, não vejo razão e sento-me mal quando o tenho de fazer a pessoas que não conheço ou com quem não tenho num tipo de relação...

Gostei do blog, vou seguir

Silvana disse...

concordo plenamente :) hoje em dia banaliza-se tanto os sentimentos..há que preservar essa magia do carinho.

Neuza disse...

adoro :)

jo disse...

és tão pura!

ana disse...

só merece quem realmente é especial! :)