louca fantasia

Tu és a minha louca fantasia
noites brancas de magia,
és prosa de um poeta, e na cauda de um cometa
tango dançado ao luar.
Eu sou, herói de banda desenhada,
Errol Flynn de capa'espada,
tiro tudo, não dou nada,
ninguém me vai agarrar.
 
Pedro Abrunhosa

6 comentários:

Incógnita disse...

adoro!

ana patrícia disse...

é mesmo :)

PauloSilva disse...

ooooobrigado :D

mary disse...

oh tão querida! e adorei. muito:)

Maria Filipa disse...

que fantástico :) *
no sábado era para estar contigo :b

Anniee. disse...

deve ser mesmo :D