Vamos matar esta maldita saudade


Desta vez preciso eu, que venhas tu. Estou à lareira e necessito da tua companhia neste sofá, para te poder contar as novidades e ao mesmo tempo namorar contigo o tempo todo, uma vez que agora decidiste ficar sem aparecer. Tenho saudades de quando tinhas tempo para mim e não te fartavas de me mimar e há medida que o tempo passa, estou a ficar receosa, porque acho que isso não é assim tão saudável como dizem. Será que tudo se esta a desmoronar? Preciso de ti, para esclarecer tudo isso e matar de uma vez por todas esta maldita saudade.

11 comentários:

ana disse...

gostei tanto, mas tanto!

ana disse...

digo as verdades. :D

Alice disse...

Gostei muito. As saudades são mesmo terríveis e os mal-entendidos são do pior :$ Espero que resolvam as coisas rapidamente (:

claire disse...

oh como há pessoas más, não é? já somos duas a não gostar, nada nada

Kat disse...

ADOREI! Escreves tão bem :)

Bruna Silva disse...

muita força, vais ver que as coisas vão acabar por se resolver (:
gosto muito dos teus textos!

Maria Filipa disse...

adoro isto *

sara oliveira disse...

tens toda a razão maria!
a saudade é o sentimento que nos faz pensar "afinal tudo valeu a pena", tanto que queremos repetir mais e mais.

alexandra disse...

saudade..

-PatríciaLourenço disse...

Saudades é que elas nos fazem ;)*

patricia meneses disse...

Tão bonito :))